Skip to content

Prefeitura em A’

fevereiro 11, 2012

Neste sábado a Gazeta do Povo publicou matéria sobre as obras de asfalto que a prefeitura de Curitiba realizará neste ano. Essa não é uma obra de asfalto, embora a ausência do mesmo possa ser uma das causas do buraco que se abriu na Rua Bororós, na Vila Izabel.

No local uma cratera de quase dois metros de profundidade se abriu em frente a um prédio após a chuva do final da tarde desta sexta-feira, 10, e a obra cedeu cerca de 30 centímetros ao longo de meia quadra. Apesar de os moradores terem ligado para a prefeitura, nenhum representante compareceu ao local para tomar providências quanto à impossibilidade de acesso dos moradores aos prédios.

Há aproximadamente um mês a prefeitura iniciou a obra de recuperação das galerias de esgoto no local. O motivo da ação da prefeitura é um problema estrutural que se estende há anos no bairro, quando chove o sistema de esgoto não suporta o volume de água e as garagens dos prédios são alagadas. “A água sobre pelo bueiro que fica dentro do nosso prédio. Este bueiro é ligado ao sistema de esgoto da rua. Como nosso prédio fica na baixada há grande volume de água e na garagem do prédio a água passa da altura do joelho. Cada vez que chove enche o poço do elevador e nós temos que gastar com manutenção.” informa Marina Pramio, 18, moradora de um dos prédios que teve a entrada interditada pelo buraco.

Como o incidente ocorreu no final da tarde de sexta-feira, os moradores temem que outra chuva no final de semana possa agravar os danos no local. Parte da calçada apresenta indícios de que possa ceder e até um poste parece ter sofrido um deslocamento. “Temos medo que o poste caia se a chuva voltar e a terra se soltar mais”, reforça Marina Pramio.

Os moradores estão impossibilitados de entrar no prédio com os carros e têm que providenciar outros lugares para deixar os automóveis durante a noite. Na noite de sexta-feira dois guardas municipais visitaram o local e informaram que os carros poderiam ser estacionados no outro lado da rua, entretanto não haveria reforço no policiamento para evitar possíveis furtos.

Os residentes afirmaram que por diversas vezes ligaram para o 156, a central de atendimento e informações da prefeitura de Curitiba, mas que foram informados de que a prefeitura iria providenciar uma solução. Até as 14 horas do sábado nenhum funcionário compareceu ou intervenção foi realizada no local.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

From → Variados

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: